cheap football kits cheap football shirts cheap football tops cheap football kits cheap football shirts cheap football tops cheap football kits cheap football shirts cheap football tops cheap football kits cheap football shirts cheap football tops cheap football kits cheap football shirts cheap football tops

Regulamento de Uniformes

Anexo “B” a Portaira Nº 535/EMBM/2012, de 13 de dezembro de 2012.

REGULAMENTO DE UNIFORMES, INSÍGNIAS, DISTINTIVOS E APRESENTAÇÃO PESSOAL
DOS COLÉGIOS TIRADENTES DA BRIGADA MILITAR (RUAP/CTBM)

CAPÍTULO I
DA FINALIDADE
Art. 1º – O Regulamento de Uniformes, Insígnias, Distintivos e Apresentação Pessoal do Colégio Tiradentes da Brigada Militar – RUAP/CTBM – tem por finalidade estabelecer e regular os uniformes a serem adotados em todos os Colégios Tiradentes da Brigada Militar (CTBM), bem como sua posse, uso, composição das peças, modelagem, aposição de insígnias, distintivos, equipamentos e aprestos, bem como fixar os parâmetros de apresentação pessoal dos alunos regularmente matriculados.
§1º – Este Regulamento objetiva:
I – Regular e estabelecer a uniformidade dos alunos do CTBM, como fator de coesão e disciplina;
II – Definir os padrões de exigência da apresentação pessoal dos alunos do CTBM.
Art. 2º – O uniforme é o símbolo do aluno do CTBM e deve ser usado com honra e orgulho.
Parágrafo único – Não é permitido sobrepor ao uniforme: peça, artigo, insígnia ou distintivo de qualquer natureza, não previstos ou autorizados na forma deste Regulamento.
Art. 3º – Aos Comandantes dos CTBM(s) compete:
I – Fazer cumprir as normas deste Regulamento;
II – Baixar instruções reguladoras para a aquisição e distribuição dos uniformes e peças complementares a serem utilizados pelos alunos do CTBM, bem como o credenciamento de alfaiatarias para confecção e venda de peças e tecidos no âmbito do Colégio Tiradentes, visando à manutenção da coesão e de uniformidades dos Corpos Discentes.

CAPÍTULO II
DOS UNIFORMES
Art. 4º – Ficam estabelecidas como cores padrões para os uniformes do CTBM as seguintes tonalidades e suas correspondências:
I – Azul-claro CTBM;
II – Azul-marinho CTBM;
III – Branco CTBM;
IV – Cinza CTBM;
V – Vermelho CTBM;
VI – Preto CTBM.
Art. 5º- Os uniformes básicos terão a sua classificação, posse, composição e uso conforme o estabelecido a seguir.

§1º – Uniforme de GALA – CT1:
I – composição:
a) do efetivo masculino:
1. boina na cor azul-marinho CTBM com insígnia do Brasão do CTBM;
2. túnica confeccionada em tecido branco, com extremidades das lapelas confeccionadas em azul-marinho CTBM, e afixado à seis centímetros da costura do ombro do braço esquerdo, o Brasão do CTBM e, a quinze centímetros a partir do inicio do punho do braço direito, o símbolo bordado da Brigada Militar (centauro);
3. camiseta branca com gola olímpica e brasão do CTBM afixado no peito do lado esquerdo (mangas curtas ou longas), contendo a dois centímetros abaixo desse Brasão, o nome de guerra do aluno, em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), em cor azul-marinho CTBM, devendo ser usada sob a túnica branca;
4. barrotes dourados, referentes ao ano em que o aluno está matriculado, afixados na extremidade azul-marinho CTBM da lapela esquerda, e na lapela direita, afixada na extremidade azul-escuro CTBM, a Torre dourada símbolo das Escolas Militares;
5. calça azul-marinho CTBM, com listra vertical de 1,5 centímetro nas laterais em cetim azul-marinho CTBM, devendo ser usada com o cós posicionado a três centímetros abaixo do umbigo e com bainha na altura do salto do sapato;
6. cinto cinza CTBM com fivela, niquelada, contendo em sua face externa o “Castelo” em alto relevo;
7. meias pretas;
8. sapato preto, em couro, tipo social com cadarço, sem adereços;
9. luvas na cor branca CTBM.
b) do efetivo feminino:
1. boina na cor azul-marinho CTBM com insígnia do Brasão do CTBM;
2. túnica confeccionada em tecido branco, com extremidades das lapelas confeccionadas em azul-marinho CTBM, e afixado, à seis centímetros da costura do ombro do braço esquerdo, o Brasão do CTBM e, quinze centímetros acima do punho do braço direito, o símbolo bordado da Brigada Militar (centauro);
3. camiseta branca com gola olímpica e brasão do CTBM afixado no peito do lado esquerdo (mangas curtas ou longas), contendo a dois centímetros abaixo desse Brasão o nome de guerra da aluna, em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), em cor azul-marinho CTBM, devendo ser usada sob a túnica branca;
4. barrotes dourados, referentes ao ano em que o Aluno está matriculado, afixados na extremidade azul-escuro CTBM da lapela esquerda, e na lapela direita, afixada na extremidade azul-escuro CTBM, a Torre dourada símbolo das Escolas Militares;
5. saia-envelope confeccionada em tecido azul-marinho CTBM, devendo ser posicionada com o cós a três centímetros abaixo do umbigo, e com bainha a dois dedos abaixo dos joelhos;
6. cinto cinza CTBM com fivela, niquelada, contendo em sua face o “Castelo” em alto relevo;
7. meia-calça branca, lisa (fio 15 no verão e até fio 80 no inverno);
8. sapato tipo colegial, na cor preta, em couro, salto até 03 cm, sem detalhes e adereços;
9. luvas na cor branca.
c) posse: obrigatório para todos os alunos regularmente matriculados no CTBM.
d) uso: recepções de gala e/ou social, bem como seguindo orientações do Comando do Colégio, é usado em desfiles, solenidades, formaturas, representações, etc.

§2º – Uniforme DIÁRIO – CT2:
I – Uniforme Diário Manga Longa – CT2 INVERNO:
a) composição para o efetivo masculino:
1. boina na cor azul-marinho CTBM com insígnia do Brasão do CTBM;
2. camisa azul-claro CTBM, lapelas azul-marinho CTBM, manga longa, com listra de dois centímetros na cor azul-marinho CTBM nas mangas, com brasão do CTBM posicionado no centro do bolso esquerdo;
3. camiseta branca com gola olímpica e brasão do CTBM afixado no peito do lado esquerdo (manga longa), contendo a dois centímetros abaixo desse Brasão o nome de guerra do aluno, em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), em cor azul-marinho CTBM, devendo ser usada sob a camisa de manga longa;
4. na camisa azul-claro CTBM, barrotes dourados, referentes ao ano em que o aluno está matriculado, afixados na extremidade azul-escuro CTBM da lapela esquerda, e na lapela direita, afixada na extremidade azul-escuro CTBM, o Castelo dourado símbolo das Escolas Militares;
5. japona confeccionada em nylon azul-marinho CTBM, com capuz, brasão do CTBM, afixado de forma centralizada no bolso esquerdo, e a 1,0 cm, acima desse bolso, afixado de forma centralizada, o nome de guerra do aluno em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), da cor vermelho, podendo em dias frios ter o zíper fechado até o pescoço;
6. calça azul-claro, com listra vertical nas laterais de dois centímetros, em cetim azul-marinho CTBM, devendo ser usada com o cós posicionado a três centímetros abaixo do umbigo e com bainha na altura do salto do sapato;
7. cinto cinza CTBM com fivela, niquelada, contendo em sua face externa o “Castelo” em alto relevo;
8. meias pretas;
9. sapato preto, em couro, tipo social com cadarço;
10. suéter de lã, azul-marinho CTBM, liso e com gola “V”, com brasão CTBM e nome de guerra do aluno, em letras maiúsculas, na cor vermelha, ambos bordados no lado esquerdo do peito. O nome de guerra será bordado 02 centímetros abaixo do brasão do CTBM em letras tamanho 24, fonte Arial;
11. luvas de cor azul-marinho ou preto para baixas temperaturas;
12. cachecol de cor azul-marinho ou preto liso, para baixas temperaturas;
13. plaqueta de acrílico em azul com letras maiúsculas, em branco com o indicativo do nome de “guerra” do aluno, fixada sobre o bolso direito da camisa azul- claro CTBM.
b) composição para o efetivo feminino:
1. boina na cor azul-marinho CTBM com insígnia do Brasão do CTBM;
2. camisa azul-claro, lapelas azul-marinho CTBM, manga longa, com listra de dois centímetros na cor azul-marinho CTBM nas mangas, com brasão do CTBM posicionado no centro do bolso esquerdo;
3. camiseta branca com gola olímpica e brasão do CTBM afixado no peito do lado esquerdo (manga longa), podendo conter a dois centímetros abaixo desse Brasão o nome de guerra da aluna, em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), em cor azul-marinho CTBM, devendo ser usada sob a camisa de manga longa;
4. barrotes dourados, referentes ao ano em que a Aluna está matriculado, afixados na extremidade azul-escuro CTBM da lapela esquerda, e na lapela direita, afixada na extremidade azul-marinho CTBM, o Castelo dourado símbolo das Escolas Militares;
5. japona confeccionada em nylon azul-marinho CTBM, com capuz, brasão do CTBM, afixado de forma centralizada no bolso esquerdo, e a 1,0 cm, acima desse bolso, afixado de forma centralizada, o nome de guerra do aluno em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), da cor vermelho CTBM, podendo em dias frios ter o zíper fechado até o pescoço;
6. saia-calça azul-claro CTBM, com listra vertical nas laterais, com dois centímetros em cetim azul-marinho CTBM, devendo ser usada com o cós posicionado a dois dedos abaixo do umbigo e com bainha posicionada a dois dedos abaixo dos joelhos;
7. cinto cinza CTBM com fivela, niquelada, contendo em sua face externa o “Castelo” em alto relevo;
8. legging ou meia-calça de cor preta, lisa (até 80 ou em lã, para baixas temperaturas);
9. bota em couro ou similar, exceto camurça, estilo montaria, na cor preta, lisa, em tom opaco, salto grosso até três centímetros, cano alto, logo abaixo dos joelhos, com zíper nas laterais, sem detalhes (fivelas, laços, botões ou outros adereços);
10. suéter de lã, azul-marinho CTBM, liso e com gola “V”, com brasão CTBM e nome de guerra da aluna em letras maiúsculas na cor vermelha, ambos bordados no lado esquerdo do peito. O nome de guerra será bordado 02 centímetros abaixo do brasão do CTBM em letras tamanho 24, fonte Arial;
11. luvas de cor azul-marinho CTBM ou preto CTBM para baixas temperaturas;
12. cachecol de cor azul-marinho CTBM ou preto CTBM, liso, para baixas temperaturas;
13. plaqueta de acrílico em azul com letras maiúsculas em branco com o indicativo do nome de “guerra” do aluno, fixada sobre o bolso direito da camisa azul- claro CTBM.
c) posse: obrigatória para todos os Alunos regularmente matriculados.
d) uso: para deslocamento em trânsito, representações e atividades internas do Colégio.
e) uso interno em dias de alta temperatura: mediante ordem expressa do Comando do Corpo de Alunos, os discentes poderão participar das atividades do CAL e de sala de aula sem a camisa azul-claro, desde que estejam com a camiseta branca regulamentar.

II – Uniforme DIÁRIO MANGA CURTA – CT2 VERÃO:
a) composição para o efetivo masculino:
1. boina na cor azul-marinho CTBM com insígnia do Brasão do CTBM;
2. Camisa azul-claro CTBM, lapelas azul-marinho CTBM, manga curta, com listra de dois centímetros de cor azul-marinho CTBM nas mangas, com brasão do CTBM posicionado no centro do bolso esquerdo;
3. camiseta branca com gola olímpica e brasão do CTBM afixado no peito do lado esquerdo (manga curta), contendo abaixo desse Brasão o nome de guerra do Aluno, em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), em cor azul-marinho CTBM, devendo ser usada sob a camisa de manga curta;
4. barrotes dourados, referentes ao ano em que o Aluno está matriculado, afixados na extremidade azul-marinho CTBM da lapela esquerda, e na lapela direita, afixada na extremidade azul-marinho CTBM, Castelo dourado símbolo das Escolas Militares;
5. calça azul-claro CTBM, com listra vertical nas laterais, com dois centímetros, em cetim azul-marinho CTBM, devendo ser usada com o cós posicionado a três centímetros abaixo do umbigo e com bainha na altura do salto do sapato;
6. cinto cinza CTBM com fivela, niquelada, contendo em sua face externa o “Castelo” em alto relevo;
7. meias pretas;
8. sapato preto, em couro, tipo social com cadarço, sem adereços;
9. plaqueta de acrílico em azul com letras maiúsculas em branco com o indicativo do nome de “guerra” do aluno, fixada sobre o bolso direito da camisa azul- claro CTBM.
b) Composição para o efetivo feminino:
1. boina na cor azul-marinho CTBM com insígnia do Brasão do CTBM;
2. camisa azul-claro CTBM, lapelas azul-marinho CTBM, manga longa, com listra de dois centímetros na cor azul-marinho CTBM nas mangas, com brasão do CTBM posicionado no centro do bolso esquerdo;
3. camiseta branca com gola olímpica e brasão do CTBM afixado no peito do lado esquerdo (manga curta), contendo abaixo desse Brasão o nome de guerra do Aluno, em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), em cor azul-marinho CTBM, devendo ser usada sob a camisa de manga curta;
4. barrotes dourados, referentes ao ano em que o Aluno está matriculado, afixados na extremidade azul-marinho CTBM da lapela esquerda, e na lapela direita, afixada na extremidade azul-escuro CTBM, o Castelo dourado símbolo das Escolas Militares;
5. saia-calça azul-claro CTBM, com listra vertical nas laterais, com dois centímetros em cetim azul-marinho CTBM, devendo ser usada com o cós posicionado a dois dedos abaixo do umbigo e com bainha posicionada a dois dedos abaixo dos joelhos;
6. cinto cinza CTBM com fivela, niquelada, contendo em sua face externa o “Castelo” em alto relevo;
7. meia-calça, lisa, de tonalidade natural (tipo cor da pele fio 15).
8. sapato tipo colegial, salto até três centímetros, sem detalhes ou adereços.
9. plaqueta de acrílico em azul com letras maiúsculas em branco com o indicativo do nome de “guerra” do aluno, fixada sobre o bolso direito da camisa azul-claro CTBM.
c) posse: obrigatória para todos os Alunos regularmente matriculados.
d) uso: para deslocamento em trânsito, representações e atividades internas do Colégio.
e) uso interno em dias de alta temperatura: mediante ordem expressa do Comandante do Corpo de Alunos, os discentes poderão participar das atividades do CAL e de sala de aula sem a camisa azul-claro, desde que estejam com a camiseta branca regulamentar.

§3º – Uniforme de EDUCAÇÃO FÍSICA – CT3:
I – composição:
a) efetivo masculino:
1. camiseta branca, manga curta ou manga longa, utilizadas em função da temperatura, gola olímpica com o brasão do CTBM fixado no peito do lado esquerdo, contendo abaixo desse Brasão, a dois centímetros, o nome de guerra do aluno, em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), em cor azul-marinho CTBM;
2. calção confeccionado na cor azul-marinho CTBM, com listra vermelha, de dois centímetros, nas laterais;
3. boné confeccionado em tecido tactel de cor azul-marinho com Brasão do CTBM afixado na parte frontal (para uso em dias de sol forte);
4. meias soquetes brancas;
5. tênis esportivo: deverá ser 90% da cor preta e os cadarços totalmente pretos;
6. abrigo esportivo nas cores azul-marinho, cinza e vermelho CTBM, no modelo indicado pelo Colégio, contendo de forma centralizada, no peito do lado esquerdo, em caixa retangular medindo 2,0cm x 12,0cm, com fundo da cor azul-marinho CTBM e bordas em vermelho CTBM, o nome de guerra do aluno em letras maiúsculas na cor vermelha CTBM, fonte Arial, tamanho 24, podendo, em dias frios, ser usado com zíper fechado até o pescoço;
b) efetivo feminino:
1. camiseta branca, sem manga, manga curta ou manga longa, utilizadas em função da temperatura, gola olímpica com o brasão do CTBM fixado no peito do lado esquerdo, contendo a dois centímetros abaixo desse Brasão o nome de guerra da aluna em cor azul-marinho CTBM, na cor vermelha, fonte Arial, (tamanho 24) em caixa retangular medindo 2,0cm x 12,0cm;
2. bustiê azul-marinho;
3. bermuda justa, com cumprimento até o joelho, confeccionada na cor preta ou azul-marinho CTBM, para ser usada sob calção;
4. calção confeccionado na cor azul-marinho CTBM, com listra vermelha de dois centímetros, nas laterais;
5. bermuda, confeccionada na cor azul-marinho CTBM, com listra vermelha de dois centímetros nas laterais;
6. boné confeccionado em tecido tactel de cor azul-marinho, com brasão do CTBM afixado na parte frontal (para uso em dias de sol forte);
7. meias soquetes brancas;
8. tênis esportivo: deverá ser 90% de cor preta e os cadarços totalmente pretos;
9. abrigo esportivo nas cores azul-marinho, cinza e vermelho CTBM, no modelo indicado pelo Colégio, contendo de forma centralizada, no peito do lado esquerdo, em caixa retangular medindo 2,0 com x 12,0 cm, com fundo da cor azul-marinho CTBM e bordas em vermelho CTBM, o nome de guerra da aluna em letras maiúsculas na cor vermelha CTBM, fonte Arial, tamanho 24, podendo, em dias frios, ser usado com zíper fechado até o pescoço;
II – posse: obrigatória para todos os Alunos regularmente matriculados.
III – uso:
a) instrução de treinamento físico, eventos esportivos, atividade extra-classe, deslocamento em trânsito, atividades internas do Colégio e/ou por determinação do Comando do CTBM.
b) o efetivo feminino, a critério do Comando da Escola, poderá utilizar, sem prejuízo das demais peças do uniforme, uma das seguintes composições:
1. camiseta branca sem manga, bustiê, calção e malha atlética;
2. camiseta branca manga curta ou manga longa e bermuda justa, com cumprimento até o joelho.
c) uso interno em dias de alta temperatura: mediante ordem do Comandante do Corpo de Alunos, os alunos poderão participar das atividades do CAL e da sala de aula sem a parte superior do abrigo, desde que estejam com a camiseta branca regulamentar.

§4º – Uniforme para as ATIVIDADES DE NATAÇÃO – CT4:
I – composição:
a) efetivo masculino:
1. calção, modelo sunga, na cor preta;
2. chinelo de dedo, em borracha, na cor preta;
3. touca na cor preta e óculos para natação.
b) efetivo feminino:
1. maiô de natação feminino na cor preta;
2. chinelo de dedo em borracha, na cor preta;
3. touca na cor preta e óculos para natação.
II – posse: obrigatória para os alunos regularmente matriculados na extraclasse de natação.
III – uso: nas atividades de natação, quando disponibilizada.

§5º – Uniforme para as ATIVIDADES DIÁRIAS DE EQUITAÇÃO – CT5:
I – composição:
a) composição para o efetivo masculino e feminino:
1. capacete especial;
2. camisa azul-claro CTBM, lapelas azul-marinho CTBM, manga curta ou longa (em função da temperatura), com listra de dois centímetros na cor azul-marinho CTBM nas mangas, com brasão do CTBM posicionado no centro do bolso esquerdo;
3. camiseta branca, manga curta e manga longa (utilizada em função da temperatura), gola olímpica com o brasão do CTBM fixado no peito do lado esquerdo, contendo a dois centímetros abaixo desse Brasão o nome de guerra do Aluno, (em letras maiúsculas, tamanho 24, fonte Arial) em cor azul-marinho CTBM;
4. culote na cor cinza CTBM, de malha colegial;
5. meias de cor preta, longas;
6. botas pretas, o cano não pode ultrapassar o joelho;
7. barrotes dourados, referentes ao ano em que o Aluno está matriculado, afixados na extremidade azul-marinho CTBM da lapela esquerda, e na lapela direita, afixada na extremidade azul-escuro CTBM, o Castelo dourado símbolo das Escolas Militares;
8. plaqueta de acrílico em azul com letras maiúsculas em branco com o indicativo do nome de “guerra” do aluno, fixada sobre o bolso direito da camisa azul-claro CTBM.
II – posse: obrigatória para os Alunos regularmente matriculados na extraclasse de equitação, quando disponibilizado;
III – uso: exclusivamente nas atividades de treinamento da extraclasse e durante as competições da extraclasse de equitação, mediante ordem do Comandante do CTBM.

§6º – Uniforme GALA EQUITAÇÃO – CT6:
I – composição:
a) efetivo masculino e feminino:
1. capacete especial;
2. túnica do uniforme de gala CT1;
3. camiseta branca usada no uniforme de gala CT1;
4. barrotes dourados, usado do uniforme de gala CT1;
5. culote na cor cinza CTBM, de malha colegial;
6. meias de cor preta, longas;
7. botas pretas;
II – posse: obrigatória para todos os Alunos regularmente matriculados na extraclasse de equitação, quando disponibilizada.
III – uso: exclusivamente em eventos hípico-desportivos, mediante ordem do comandante do CTBM.
§7º – Prescrições complementares aos uniformes básicos:
I – as peças de uniforme do tipo saia terão o seguinte comprimento: posicionada a dois dedos abaixo dos joelhos;
II – as peças de uniforme do tipo calça: a bainha deverá estar posicionada na altura dos saltos dos sapatos;
III – as peças de uniforme do tipo calça e saia têm o seguinte posicionamento do cós: três centímetros abaixo do umbigo.
§8º – O CTBM poderá ter no seu uniforme de desfile, solenidade ou guardas de honra, o acréscimo de:
I – cachecol da cor branca;
II – cinto, talabarte e guia de espada brancos;
III – luvas de couro ou tecido na cor branca.

CAPÍTULO III
DAS PEÇAS COMPLEMENTARES DOS UNIFORMES E DO DIREITO AO USO
Art. 6° – São peças complementares aquelas que entram ou não na composição dos uniformes previstos neste Regulamento, usadas em ocasiões diversas.
§1º – Dos Alamares:
I – Alamar de Mérito Intelectual: Os alunos que possuírem média trimestral igual ou superior a 9,00 e nota mínima 8,00 em cada componente curricular no trimestre, bem como pontuação disciplinar mínima 8,00, terá o direito ao uso do alamar na coloração AZUL e VERMELHO;
II – Alamar de Mérito Disciplinar: Os alunos que obtiverem nota disciplinar, no final do trimestre, igual a 10 pontos, bem como, todas as notas das componentes curriculares iguais ou superiores a 8,00 no trimestre, têm o direito do uso do alamar na coloração AZUL e BRANCO;
III – Posse: obrigatório a todo aluno que fizer jus ao seu uso;
IV – Uso: somente com os uniformes CT1, CT2, CT5 e CT6, fixado na costura do ombro do braço esquerdo, poderão usar enquanto fizer jus através dos requisitos previsto neste regulamento;
V – Em nenhuma hipótese o aluno terá direto ao uso de qualquer alamar, caso tenha restado em recuperação no trimestre a que adquiriu o direito.
§2º – Do Grupamento de honra: será constituído por alunos que conquistaram durante um trimestre o alamar de mérito intelectual e de mérito disciplinar. O alamar do grupamento de honra terá a coloração AZUL, VERMELHO e BRANCO.
I – do trimestre: comporá o grupamento de honra durante o trimestre seguinte ou enquanto preencher os requisitos estabelecidos;
II – os alunos integrantes do grupamento de honra, quando não estiverem exercendo função de comando, deverão formar em destaque após o Aluno disciplina, por ocasião das formaturas diárias e desfiles;
§3º – Das Medalhas: são distinções aos alunos que fizerem jus durante o decorrer do ano letivo pelo Mérito Escolar, Cultural, Disciplinar e Esportivo.
I – Usa-se somente o passador no uniforme CT2 e CT5 e a medalha no CT1 e CT6, salvo em ocasiões especiais determinadas pelo Comandante do CTBM;
II – da espécie de medalha: a) Medalha de Honra ao Mérito Escolar; b) Medalha de Mérito Escolar; c) Medalha de Mérito Cultural; d) Medalha de Mérito Disciplinar; e) Medalha de Mérito Esportivo;
III – As medalhas serão concedidas por portaria do comandante do CTBM.
a) Medalha de Honra ao Mérito Escolar:
É a condecoração concedida ao aluno que ao longo dos três anos possuiu a maior média entre todos os alunos, além de possuir uma conduta ilibada e demonstrar o devido comprometimento com as atividades do Colégio, possuindo média disciplinar igual ou superior a 8,00 pontos no mês da concessão.
b) Medalha de Mérito Escolar
É a condecoração concedida ao aluno com a maior média aritmética na avaliação da aprendizagem do ensino de cada série no respectivo ano letivo, devendo, também, ter nota igual ou superior a 8,00 pontos na média disciplinar, no mês da concessão.
c) Medalha de Mérito Cultural
É a condecoração concedida ao(s) aluno(s) com destaque em atividades culturais, com representatividade e cunho relevante para o colégio, além de ter nota igual ou superior a 8,00 pontos na média disciplinar no mês da concessão.
d) Medalha de Mérito Disciplinar
É a condecoração concedida ao(s) aluno(s) que, durante o ano letivo, apresentar uma conduta ilibada e um comprometimento com as atividades do Colégio, avaliada através do conselho disciplinar e possuir nota disciplinar 10 pontos e deverá ser aprovado na série que estiver cursando, será indicada ao Comandante do Colégio a quem cabe a decisão final pela concessão.
e) Medalha de Mérito Esportivo
É a condecoração concedida ao(s) aluno(s) com destaque em atividades desportivas de repercussão no CTBM ou de caráter municipal, estadual, nacional ou internacional, com representatividade e cunho relevante para o colégio, ter nota igual ou superior a 8,00 pontos na média disciplinar e aprovação no ano letivo em curso.
§4º – do uso e da concessão das medalhas
I – A Medalha de Honra ao Mérito Escolar, Mérito Escolar e Mérito Disciplinar serão entregues por ocasião da formatura comemorativa ao final do ano letivo e formatura do 3º ano;
II – As condecorações de Mérito Cultural e Esportivo serão concedidas em solenidade Militar a ser realizada, conforme deliberação do Comando do CTBM;
III – As medalhas serão usadas em solenidades, desfiles e formaturas especiais, colocadas sobre o bolso direito dos fardamentos CT1, CT2, CT5 e CT6, mediante ordem do comandante do CTBM e o passador será utilizado diariamente nos uniformes CT2 e CT5 quando não estiver sendo utilizada a medalha;
IV – A hierarquia das medalhas e passadores é definida pelo grau de importância, baseada nos preceitos do ensino e da disciplina, sendo usadas no peito do lado esquerdo, acima da pestana do bolso, e colocadas em uma fileira horizontal de três no máximo, na seguinte ordem, a partir da linha dos botões: Medalha de Honra ao Mérito Escolar, Medalha de Mérito Escolar, Medalha de Mérito Disciplinar, Medalha de Mérito Cultural, e Medalha de Mérito Esportivo;
V – Não podem ser usados ao mesmo tempo os passadores ou barretes com as medalhas, salvo quando os passadores metálicos delas façam parte integrante;
VI – A medalha será adquirida e concedida com ônus para o CTBM, portanto será concedido exclusivamente ao aluno que estiver com o pagamento da contribuição escolar atualizada até o mês da concessão.
§5º – Das Insígnias e Plaquetas: são peças utilizadas nos uniformes CT1, CT2, CT5 e CT6 do CTBM, com vistas à identificação do aluno no contexto escolar.
I – Insígnia Indicativa de Série
Barras horizontais em metal dourado, colocadas no lado esquerdo da gola, sendo que o número de barras corresponde à série escolar.
II – Insígnia Indicativa de Curso
Castelo em metal dourado, colocado no lado direito da gola.
III – Plaqueta Indicativa de Nome
Plaqueta horizontal na cor azul, de acrílico, com as letras brancas, indicando o nome de guerra do aluno, colocada sobre o bolso direito da camisa usado exclusivamente nos uniformes CT2 e CT5.
IV – Plaqueta Indicativa de Função
Plaqueta horizontal na cor azul, de metal, com as letras brancas, indicando a função do aluno, colocada sobre o bolso direito abaixo da Plaqueta Indicativa de Nome, usado nos uniformes, CT2 e CT5.
V – Distintivo de Comando
Em couro, de cor preta, de forma oval, contendo no centro o símbolo do CTBM, devendo ser afixado no botão do bolso esquerdo.
a) posse: obrigatória para todos os alunos quando do desempenho das seguintes funções:
b) Aluno Disciplina do Corpo de Alunos;
c) Aluno Auxiliar Disciplina do Corpo de Alunos;
d) Aluno Comandante de Cia do Corpo de Alunos;
e) Aluno Comandante de Pelotão;
f) Aluno Coordenador da Banda de Música.
§6º – Do distintivo das disciplinas de extraclasses
Os integrantes das disciplinas extracurriculares da banda de música e de equitação poderão utilizar, somente enquanto freqüentadores destas atividades, sobre o uniforme um símbolo identificador da extraclasse, nos seguintes termos:
a) Banda de Música: Distintivo em metal representando uma lira, devendo ser afixado a dois centímetros e centralizado acima do bolso esquerdo da camisa azul-claro ou túnica de gala.
b) Equitação: Distintivo em metal contendo um cavalo de metal saltando sobre um obstáculo, devendo ser afixado a dois centímetros e centralizado acima do bolso esquerdo da camisa azul-claro ou túnica de gala.
c) Esgrima: Distintivo em metal contendo duas espadas cruzadas sobre o “Castelo” dourado, símbolo das escolas militares, com dois de louro dourado ao fundo, devendo ser afixado a dois centímetros e centralizado acima do bolso esquerdo da camisa azul-claro ou túnica de gala.
§7º – Da Boina
I – Descrição: na cor azul-marinho, confeccionada no modelo francês ou tradicional.
II – posse: obrigatória para todos os Alunos regularmente matriculados.
III – uso: com os uniformes CT1 e CT2.
§8º – Do Cachecol de Lã ou tecido
I – Descrição: confeccionado na cor azul-marinho ou preto:
II – posse: para todos os Alunos regulamente matriculado.
III – uso: com os uniformes CT2, CT3 e CT5, com ou sem japona (se com japona deve ser usado sob a mesma) em dias de baixa temperatura, em trânsito, serviço ou atividades internas do Colégio.
§9º – Capacete para Equitação
I – Descrição: confeccionado em fibra na cor preta, com jugular, próprio para atividade de equitação.
II – posse: obrigatória para todos os Alunos matriculados na extraclasse de equitação.
III – uso: com uniformes CT5 e CT6 nas atividades hípicas.
§10 – Da Japona
I – Descrição: japona confeccionada em nylon azul-marinho, com capuz, brasão do CTBM, afixado de forma centralizada no bolso esquerdo, e a 1,0 cm, acima desse bolso, afixado de forma centralizada, o nome de guerra do aluno em letras maiúsculas (tamanho 24, fonte Arial), da cor vermelho CTBM, podendo em dias frios ter o zíper fechado até o pescoço.
II – posse: obrigatória para todos os Alunos regularmente matriculados.
III – uso: no deslocamento em trânsito, nas atividades internas do Colégio, nas representações/eventos com os uniformes CT2, CT3 e CT5 em função da baixa temperatura.
§11 – Das Luvas
I – Descrição: na cor azul-marinho e preto, confeccionadas em couro, tecido ou lã e na cor branca confeccionadas em tecidos ou couro.
II – posse: obrigatória para todos os Alunos regularmente matriculados;
III – uso:
a) luvas brancas: com o uniforme CT1 e CT6, sempre que o Aluno estiver armado com espada, em desfiles cívicos militares ou por determinação do Comando do CTBM;
b) luvas azul-marinho ou preto: facultativo com os uniformes CT2, CT3 e CT5 em razão de baixas temperaturas.
c) É proibido o uso de luvas sem pontas (dedos de fora).
§12 – Rede para prender cabelos femininos
I – Descrição: rede confeccionada com cordões ou linha na cor preta para todas as tonalidades de cabelo, buscando, sempre, a uniformidade.
II – posse: obrigatória para todas as Alunas regularmente matriculadas;
III – uso: com os uniformes CT1, CT2, CT4, CT5 e CT6.
§13 – Suéter
I – Descrição: suéter de lã, azul-marinho, liso e com gola “V”, com brasão CTBM e nome de guerra do aluno em letras maiúsculas na cor vermelha, ambos bordados no lado esquerdo do peito. O nome de guerra será bordado 02 centímetros abaixo do brasão do CTBM em letras tamanho 24, fonte Arial.
II – posse: obrigatório para todos os alunos regularmente matriculados;
III – uso: com o uniforme CT2 e CT5 e sob o CT1, CT3 e CT6.

CAPITULO IV
DA APRESENTAÇÃO PESSOAL
Art. 7º – Os integrantes do CTBM, quanto a sua apresentação pessoal, deverão observar o seguinte:
§1º – Efetivo feminino:
I – quanto ao cabelo:
a) Deverá ser mantido limpo e asseado, quando em passeio ou solenidades, devidamente preso, com sua parte posterior segura por rede para cabelos fixada por grampos. Em atividades internas, na prática de Educação Física, atividades extraclasses, ou atividades internas do CTBM, poderão ser usadas com penteado tipo trança exceção feita para os cabelos curtos cujas pontas não ultrapassem a gola da camisa;
b) não será permitido o uso de tinturas em cores extravagantes.
II – quanto à maquiagem:
Terá seu uso permitido, observando-se a harmonia e estética, desde que aplicada de forma suave em tons discretos e compatíveis com o tipo e coloração da pele;
III – quanto aos brincos:
Será permitido, desde que observado a harmonia e estética, com uso de peças discretas, delicadas, cores suaves ou neutras, em tamanho reduzido, que não ultrapassem o lóbulo da orelha, no limite de um por orelha. De forma alguma será permitido o uso de alargadores de orelhas para o efetivo feminino.
IV – quanto às unhas:
Deverão ser mantidas permanentemente aparadas e asseadas, não podendo exceder em tamanho a epífise da falange distal, admitindo-se o uso de esmaltes e bases de coloração suave ou neutra, preservando a estética e harmonia;
V – quanto às pernas:
Deverão, quando expostas, serem mantidas devidamente depiladas, assegurando-se a harmonia e estética, admitindo-se o uso de meias de nylon (fio 15) na cor natural, estando estas em bom estado de uso e conservação.
§2º – Efetivo masculino:
I – quanto ao cabelo:
a) Os alunos deverão manter o cabelo com um corte baixo e aparado no padrão máximo de corte dois sobre a cabeça, nas laterais e nuca. Deve ser aparado em todo o seu conjunto, formando assim um todo esteticamente harmonioso e higiênico. O aluno deverá manter a base do cabelo, no pescoço (o pezinho) devidamente raspada.
b) A costeleta deverá atingir, no máximo, a cartilagem média das orelhas, denominada trago.
c) É vedado qualquer tipo de pintura ou descoloração do cabelo para os Alunos.
II – quanto à barba e bigode:
Deverá manter-se permanentemente raspada em toda sua extensão;
III – quanto às unhas:
Deverão ser mantidas permanentemente curtas aparadas e asseadas não podendo exceder em tamanho a epífise da falange distal, não se admitindo o uso de esmaltes.
Art. 8º – É vedado a todo Aluno(a) regulamente matriculado(a):
I – o uso, com traje civil, de peças do uniforme do CTBM;
II – o emprego, de forma visível nos uniformes, de qualquer objeto do tipo adorno, tais como correntes, chaveiros, lenços, cordel para óculos, pulseiras de pano (coloridas ou não), etc.;
III – o uso de roupas de baixo com estamparia ou cores que transpareçam em contraste com o uniforme;
IV – o uso de peça do uniforme, completa ou parcialmente desabotoada;
V – o transporte de mochila modelo civil, de qualquer tipo, pendurada ao ombro, peito ou outra parte do corpo, quando fardado com qualquer uniforme;
VI – o uso de uniforme, estando com a barba e cabelos crescidos, além do permitido para os alunos ou soltos para as Alunas;
VII – o uso de adorno de orelha (brincos e alargadores de orelha), pelo efetivo masculino, quando uniformizado;
VIII – o uso de uniforme justo ou apertado (manequim número menor), que evidencie as formas do corpo de modo provocativo ou indecente, ou ainda, muito grande (manequim número maior), que proporcione uma má apresentação pessoal;
IX – o uso de tatuagens, piercings e alargadores de orelha (ou de quais quer adereços metálicos presos ao corpo), em locais visíveis do corpo pelo efetivo masculino e feminino, quando uniformizado;
X – o uso de bótons ou pins, sobrepostos a qualquer peça de uniforme.
XI – o uso de óculos de sombra, quando uniformizado (casos específicos com prescrição médica serão analisados).
XII – o uso de toucas, quando devidamente uniformizado, exceto, no uniforme de natação.
Art. 9º – O uso de jóias e adereços por aluno uniformizado, tais como anéis, correntes, pulseiras, gargantilhas, pingentes, relógios, etc., será permitido desde que caracterizado pela necessária discrição, sobriedade, harmonia e estética, somente os confeccionados em metal dourado, prateado ou preto.

CAPÍTULO V
DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 10 – Os uniformes previstos neste Regulamento são os únicos de uso no CTBM, respeitado rigorosamente a sua modelagem, cor, tecidos, composições e uso.
Art. 11 – Os uniformes ou peças complementares que não sofreram alterações terão o seu uso obrigatório a partir da publicação deste Regulamento.
Parágrafo único – Os uniformes ou peças complementares que foram criadas ou alteradas por este Regulamento terão o seu uso obrigatório autorizados mediante ordem do Comandante do CTBM.
Art. 12 – Os uniformes dos Alunos, mesmo que sejam confeccionados em alfaiatarias particulares, deverão atender aos padrões de modelagem, cores, tecidos e aviamentos previstos neste Regulamento.
Art. 13 – É dever de todos os Oficiais, Praças, Servidores Civis e Professores, primarem pela fiscalização, correção no uso dos uniformes e da apresentação pessoal dos alunos do CTBM.
Art. 14 – O Aluno não poderá participar em manifestações de caráter reivindicatório ou assembléia político-partidárias usando uniformes do CTBM.
Art. 15 – Por ocasião de solenidades onde Alunos, devam comparecer em conjunto ou em comissão, será determinado o uso do uniforme pela sua denominação regulamentar.
Art. 16 – As coberturas (boinas, boné com pala, etc.) devem ser usadas de forma a ficarem horizontalmente posicionadas.
§1º – O aluno, quando retirar a cobertura, deverá conduzi-la entre o braço esquerdo e o corpo, com a copa para fora e a pala para frente.
§2º – O Aluno deverá retirar a cobertura nas cerimônias fúnebres e religiosas, no interior das igrejas ou templos e em locais cobertos, ressalvando-se os casos da Guarda de Honra ou em formatura militar.
Art. 17 – A fixação de peças complementares ao uniforme atenderá as seguintes prescrições:
I – se peças de metal, serão fixadas ao uniforme por meio de um ou dois pinos, tipo parafuso, ajustados por meio de porca ou pressão;
II – se peças de tecido, poderão ser costuradas diretamente sobre o uniforme, ou fixadas por meio de contra peças auto-aderentes, em qualquer caso, a peça deverá estar fixada ao longo de toda extensão de seus bordos;
III – a peça deverá ficar unida ao uniforme, evitando-se que fique caída, ou que forme ângulo com a superfície do tecido.
Art. 18 – É vedado o uso incompleto de qualquer uniforme, salvo o abrigo de educação física, mediante autorização expressa do Comandante CTBM.
Parágrafo único – A parte superior do abrigo, quando autorizado sua retirada, deverá estar devidamente acondicionada na mochila ou conduzido nas mãos.
Art. 19 – O uso de uniformes por crianças, em sinal de apreço e respeito à Pátria ou ao CTBM, poderá ser permitido por ocasião das datas comemorativas de 07 e 20 de setembro e 18 de novembro, respectivamente, quando em desfiles militares, desde que enquadradas em grupos devidamente organizados.
Parágrafo único – Cabe ao Comandante do CTBM a autorização para o ato citado no caput.
Art. 20 – As propostas de alterações deste regulamento devem ser elaboradas a partir de comissão formalmente constituída, presidida pelo comandante do CTBM mais antigo e com membros de todos os colégios Tiradentes da corporação.
Art. 21 – Os casos omissos, novos uniformes ou peças complementares que necessitem ser criadas ou alteradas serão definidos e autorizados, mediante portaria do Comandante-Geral da Brigada Militar.
Art. 22 – Este regulamento entrará em vigor na data de sua publicação.

cheap football shirts cheap football kits cheap football shirts cheap football kit cheap football shirts cheap football kit cheap football shirts cheap football kit cheap football shirts cheap football kit cheap football shirts cheap football kit